MENU

A criação

<

A Sociedade Brasileira de Glaucoma foi idealizada no início de 1981 pelos Drs. Homero Gusmão de Almeida e José Carlos Reys. Um pouco antes, ainda mais no início daquele mesmo ano, após participar do V International Glaucoma Congress, realizado em Orlando, Florida, USA, o Dr. Homero, estimulado pelo Dr. John G Bellows (fig. 1), presidente do Congresso, voltou entusiasmado com a idéia de fundar uma sociedade de glaucoma no Brasil. Na época, apenas dois nomes eram os responsáveis pela importante e pesada tarefa de difundir o conhecimento sobre glaucoma no Brasil: os professores Nassim Calixto e Celso Antônio de Carvalho.

O Dr. Homero procurou o Dr. José Carlos Reys durante o Congresso do Centro de Estudos Moacyr E. Álvaro e este prontamente abraçou a idéia da fundação da Sociedade Brasileira de Glaucoma. Combinou-se então uma estratégia mínima para a sua fundação: a idéia era construir uma representatividade de alcance nacional. Em setembro daquele mesmo ano, durante o Congresso Brasileiro de Oftalmologia, à mistura básica de café-com-leite (receita que deu tanto certo na história política do Brasil), adicionou-se o condimento nordestino e o chimarrão gaucho. Isso, foram quatro os fundadores: Homero Gusmão de Almeida, de Minas Gerais; José Carlos Reys, de São Paulo; Roberto Galvão, de Pernambuco e Ítalo Marcon, do Rio Grande do Sul.

Após obterem apoio, inicialmente do prof. Nassim e logo após, do prof. Celso, foi fundada a Sociedade Brasileira de Glaucoma no dia 21 de outubro de 1981, por ocasião do XXI Congresso Brasileiro de Oftalmologia, realizado no Recife. O Dr. Roberto Galvão secretariou e lavrou a Ata de Fundação da Sociedade Brasileira de Glaucoma.

Carta do Dr. John Bellows

Carta do Dr. John Bellows


Arquivos

Ata de Fundação

Ata de Fundação