A criação

<

A Sociedade Brasileira de Glaucoma foi idealizada no início de 1981 pelos Drs. Homero Gusmão de Almeida e José Carlos Reys. Um pouco antes, ainda mais no início daquele mesmo ano, após participar do V International Glaucoma Congress, realizado em Orlando, Florida, USA, o Dr. Homero, estimulado pelo Dr. John G Bellows (fig. 1), presidente do Congresso, voltou entusiasmado com a idéia de fundar uma sociedade de glaucoma no Brasil. Na época, apenas dois nomes eram os responsáveis pela importante e pesada tarefa de difundir o conhecimento sobre glaucoma no Brasil: os professores Nassim Calixto e Celso Antônio de Carvalho.

O Dr. Homero procurou o Dr. José Carlos Reys durante o Congresso do Centro de Estudos Moacyr E. Álvaro e este prontamente abraçou a idéia da fundação da Sociedade Brasileira de Glaucoma. Combinou-se então uma estratégia mínima para a sua fundação: a idéia era construir uma representatividade de alcance nacional. Em setembro daquele mesmo ano, durante o Congresso Brasileiro de Oftalmologia, à mistura básica de café-com-leite (receita que deu tanto certo na história política do Brasil), adicionou-se o condimento nordestino e o chimarrão gaucho. Isso, foram quatro os fundadores: Homero Gusmão de Almeida, de Minas Gerais; José Carlos Reys, de São Paulo; Roberto Galvão, de Pernambuco e Ítalo Marcon, do Rio Grande do Sul.

Após obterem apoio, inicialmente do prof. Nassim e logo após, do prof. Celso, foi fundada a Sociedade Brasileira de Glaucoma no dia 21 de outubro de 1981, por ocasião do XXI Congresso Brasileiro de Oftalmologia, realizado no Recife. O Dr. Roberto Galvão secretariou e lavrou a Ata de Fundação da Sociedade Brasileira de Glaucoma.

Carta do Dr. John Bellows

Carta do Dr. John Bellows


Arquivos

Ata de Fundação

Ata de Fundação

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.